Festas de fim de ano, e agora?

como-aproveitar-as-festas-de-final-de-ano-sem-sair-da-dieta

Parece ser uma contradição se manter magro e saudável e ficar de bem com a mesa no Natal e no Ano Novo. Será?

Eu tenho uma tia que sempre diz isso: Ou você está de bem com a mesa ou com o espelho. Mas acho que não precisamos ser tão maniqueístas. Entre o 8 e o 80 existem infinitas possibilidades…

Antes de mais nada, se você está fazendo tudo certo durante todo o ano, não é metendo o pé na jaca durante 2 dias – no Natal e no Ano Novo, que vai jogar pela janela todo o trabalho.

Mesmo que você dê uma leve engordada no período, se voltar à boa rotina logo em seguida, com atenção plena, exercícios e uma alimentação balanceada, é fato que seu metabolismo corporal vai queimar os excessos.

Algumas dicas podem fazer com que meter o pé na jaca não seja tão desastroso assim – e você possa compensar de alguma forma.

Primeiro, não pare de fazer exercícios nas semanas pré e pós festas. Mantenha seu metabolismo funcionando a todo vapor, e seu corpo não terá dificuldade de queimar as calorias extra. Esse é o segredo do sucesso. E você pode até mesmo aumentar o pique de exercícios – aeróbicos e musculação, que queimam muitas calorias, como forma de acumular créditos calóricos – você irá precisar deles nos dias de Ceia e no enterro dos ossos…

CH-Santa-Weight-Lifting-002-280x300

É normal tirar folga da academia na véspera e no dia de Natal e Ano Novo – isso não é um desastre – e você pode até ter dificuldade para achar alguma academia aberta – mas volte à ativa logo depois. Se conseguir dar uma caminhada ou corrida num desses dias seria o ideal, mas sei que nem sempre isso é realista…

Outra dica – não abuse dos carboidratos. Doces, bolos, rabanadas, são os superstars das Festas de fim de ano, mas além de excessivamente calóricos, são açúcares pobres, de rápida digestão, e que saciam pouco. Você se empanturra e logo está com fome de novo. Bad deal. Ideal é forrar o estômago com frutas – as frescas – e legumes e verduras, se houver, e também lançar mão das proteínas de chester, frango, carne, peixe, que embora também sejam calóricos, dão muito mais saciedade.

Se tem uma dica matadora, é essa: não vá com fome para a ceia. Satisfaça-se antes, com as frutas, legumes, verduras e proteínas mencionados no parágrafo anterior… e aí, com o espacinho que sobrou no estômago, sem exagerar e sem se agredir, com muita atenção plena à real necessidade de seu corpo, coma aquele pedacinho da torta, do doce, do bolo,ou do pudim… eu não disse e, eu disse ou…rs

Gratitude For Health And Prosperity

Atenção plena é fundamental. Obedeça sua fome, e quando estiver satisfeito ou satisfeita, pare. Ignore a fome dos olhos, ou a fome da boca, porque todos os alimentos da Ceia tendem a ser bonitos, chamativos, coloridos e deliciosos. Preste muita atenção à fome real do estômago. Imagine que seu estômago é um tanque de combustível, e se houver combustível suficiente, não abasteça o tanque simplesmente porque passou em frente a um posto de combustível. Isso não faria o menor sentido, mas os seres humanos não são muito lógicos, quando dirigidos por um impulso dos olhos ou da boca.

Outra dica é: registre o que come. Não deixe de contar suas calorias ou pontos, durante as festas. É normal que você ultrapasse um pouco a meta – espero que não tanto – mas mesmo que ultrapasse, saiba quanto – mantenha a consciência plena. Não use as Festas como pretexto para a inconsciência e o vôo cego – saiba bem o que está fazendo, e, se engordar, saberá por quê, e poderá voltar ao caminho em direção a seu objetivo de emagrecimento e saúde.

E afinal de contas, o melhor de tudo não é apenas o prazer de se alimentar com as melhores iguarias, comer e beber, mas também usufruir a companhia dos amigos, a música, as lembranças e, principalmente, entrar no novo Ano bem focado e focada em seus objetivos de se manter saudável – e essa felicidade de longo prazo vale muito mais a pena.

Boas festas!!!!

69436_Papel-de-Parede-Reveillon_1024x768