Planejamento faz a diferença na hora de festejar!

 

Ano novo e festas.jpg

Dando continuidade às dicas da semana passada passada, de como aproveitar sem culpa a hora da ceia, preparei mais informações para você comemorar muito nas festas de fim de ano.

– Faça exercícios físicos nos dias anteriores, no dia e nos dias seguintes a comilança, mesmo que seja uma caminhada de 30 minutos. Se você for comer mais do que o previsto, deve-se exercitar mais do que o habitual. Não há mágica. Para manter o peso, seu saldo calórico entre as calorias que ingere e as que gasta deve ser zero;

– Para cada copo ou taça de cerveja, vinho ou outra bebida alcoolica, tome pelo menos dois copos de água, além de te manter saciado e evitar abusos, é ótimo para hidratar e evitar a ressaca;

– Coma apenas uma porção de um alimento calórico na hora da ceia e jamais repita a dose;

– Uma porção do alimento deve ser aquilo que cabe na sua mão fechada. Em caso de carnes vermelhas, é a extensão de sua mão aberta, sem os dedos. Em caso de peixes, a sua mão inteira, do pulso à ponta do dedo;

– Escreva em um cartão de enfrentamento os principais benefícios que você tem em se manter dentro de suas metas de reeducação alimentar, e o que perde não seguindo seu plano. Isso pode te lembrar do que é realmente importante quando você estiver diante de uma tentação;

– Se você sair da linha e comer um pouco a mais, evite usar isso como pretexto para sair da linha o resto do dia, ou dias. Volte a sua meta. O que é pior? desviar da meta e ingerir 100 calorias a mais numa porção extra ou chutar o balde o dia todo e ingerir 2.000 calorias a mais?

– Procure registrar o que come e bebe, principalmente nestes dias, e se mantenha dentro do orçamento calórico. Mesmo que você saia da meta, você terá consciência de quanto se desviou. O pior é não ter a menor noção da quantidade de calorias ou pontos que ingeriu, e ficar em um voo cego, e ainda ficar surpreso quando a balança apontar seu exagero na forma de alguns quilos a mais;

– Se você engordou depois das festas, isso não é o fim do mundo. Retorne à rotina e retome a repetição dos hábitos novos de alimentação e exercícios que levarão você a emagrecer naturalmente;

– Peça a um amigo ou amiga que estiver com você nas festas para ajudá-lo a evitar excessos, sendo seu anjo da guarda para lembrar a você o que é realmente importante;

– Se você exagerar na ceia, o recomendável é no dia seguinte você pegar bem leve e passar o dia na salada, legumes, verduras e água, para compensar. E faça exercícios. A pior combinação é repetir doses cavalares dois dias seguidos e ainda ficar no sedentarismo. É engordar na certa, não tem milagre.

Lembre-se principalmente que o Natal e o Ano Novo são oportunidades únicas para se divertir, festejar, e você pode ser criativo e buscar formas originais e diferentes de se proporcionar bem-estar e prazer sem ser passando pelo exagero na comida ou na bebida – prazeres limpos como um bom papo, dançar, namorar, dar boas gargalhadas, contar e lembrar boas histórias, ver um filme divertido.

A escolha é sempre sua entre um prazer imediato de curto prazo ou um prazer mais duradouro que te aproxime de seus valores e metas de se se sentir bem, ter beleza e saúde como uma pessoa magra e saudável.

Boas Festas, um abraço Emerson Pacheco.

Você quer ter sucesso na sua meta de emagrecimento nestas festas de fim de ano? O segredo é simples e poderoso!

Operaçao Nata e ano novoAntecipe os obstáculos e prepare-se  antes que aconteçam

Sabemos que as festas de Natal e Reveillon são tradicionalmente uma dos maiores obstáculos para o emagrecimento resumidos em um só dia: doces, salgados, bebidas em doses calóricas cavalares, tudo envolto num clima alegre e festivo. Adeus, culpa! Fora preocupações, mas a realidade será dura nos dias seguintes, quando aparecem aqueles quilinhos a mais.

Sabendo que este é um obstáculo tradicional que se repete a cada ano, a pergunta é: quais são as estratégias simples e eficazes, que podemos aplicar para nos prepararmos para as festas de fim de ano?

Para ajudá-los, compartilho com vocês dicas que eu mesmo tenho colocado em prática com sucesso nos últimos anos, e que vejo que pessoas magras e saudáveis realizam.

– Beba bastante água antes, durante e depois da ceia. Isso ajudará na saciedade e evitará que você precise matar a sede com bebidas altamente calóricas alcóolicas e refrigerantes. Se quiser bebericar algumas dessas bebidas, ok, desde que não se exceda. Mate a sede com ÁGUA;

– Use e abuse das frutas, legumes, verduras e alimentos com fibras. Mate sua fome com esses alimentos pouco calóricos. Então, depois saciado, você pode se permitir experimentar pequenas porções dos alimentos mais calóricos como um doce ou salgado;

– Se vai comer um alimento altamente calórico, como rabanada, doce, torta doce ou salgada, coma uma porção pequena deste alimento, e coma ou beba bem devagar, saboreando cada mordida. Preste atenção a cor do alimento, do sabor, do cheiro, como se fosse a coisa mais importante de sua vida naquele momento. Quanto mais calórico o alimento, mais devagar você deve mastigar, e valorizar e saborear cada mordida. Não desperdice esse momento comendo rápido.

Aguardem mais dicas no post da próxima semana e um Feliz Natal!

_Comer besteira não é uma recompensa, é.jpg

Comece agora novos hábitos para emagrecer!

Você já parou para pensar que o que você é hoje é o resultado dos seus hábitos passados? Somos criaturas do hábito e podemos usar isso contra ou a nosso favor. Somos escravos dos hábitos que criamos, e a boa notícia é que, se fomos capazes de criar um hábito, também somos capazes de criar outros.

Hábitos se criam e se mantém por repetição. Você repete uma nova ação até que ela se automatize, e você passe a repeti-la sem se dar conta, que isso já se tornou um hábito. Uma ação muitas vezes repetida, entra no piloto automático.

Se você criou hábitos que te fizeram engordar e ter o corpo, o peso e a saúde que tem hoje, você tem a liberdade de escolha para gerar novos hábitos para se tornar uma pessoa mais saudável e magra.

A má notícia é que você precisará repetir os novos padrões de comportamento muitas vezes, até que eles se tornem um hábito. A boa nova é que, uma vez automatizado, você não precisará esforça-se para repeti-lo. Será fácil, acredite.

Não pense que os hábitos são apenas o que fazemos repetidamente, como dormir até tarde, não fazer atividade física, comer rápido e distraidamente, ou usar a comida como válvula de escape de estresse e ansiedade e outras emoções perturbadoras.

Nossa forma de pensar também é um hábito, se repetidamente pensamos do mesmo jeito: “Eu sou assim mesmo…”, “Ah, hoje é sexta e eu mereço ir nesse rodízio de pizza e comer até explodir e beber até ficar bêbado.” ou “Minha esposa ficará chateada se eu deixar comida no prato”. Esses são chamados pensamentos sabotadores, porque você pensa neles várias vezes, como justificativa para não aderir à dieta, ou fazer exercícios, ou comer devagar, por exemplo.

O “Só hoje.”,”Eu mereço.”,” A vida é curta.”,”Eu não tenho força de vontade.”, “Minha obesidade é de família.” são outros exemplos de hábitos mentais que, repetidos em nossa mente, criam os comportamentos que nos levam ao mesmo resultado: estar obeso ou com sobrepeso.

Como criar os novos hábitos que o levarão aos resultados para tornar uma pessoa magra e saudável? É simples, enumere aqui os novos hábitos que você precisa pensar, fazer, sentir e agir repetidamente para atingir seu objetivo. Eu vou sugerir alguns, e você pode complementar com quantos quiser e puder. Lembre-se sempre de acrescentar atividades que te deem bem-estar e felicidade, porque assim fica mais fácil repeti-las.

A pergunta é: quais hábitos (mentais/emocionais/comportamentais) você precisa criar, aumentar, diminuir, eliminar para emagrecer naturalmente?

– Praticar atividades físicas divertidas de três a cinco vezes por semana, no mínimo por 30 minutos dia: andar, correr, dançar, namorar, lutar, praticar esportes que você goste;

– Ingerir pelo menos uma porção de salada, legumes e verduras que você goste por refeição;

– Comer uma porção de frutas, a de sua preferência, entre as refeições;

– Mastigar devagar, saboreando cada mordida, envolvendo todos os seus sentidos;

– Quando estiver estressado ou ansioso realizar alguma atividade relaxante ao invés de comer;

– Quando estiver feliz, se recompensar com atividades que gerem bem-estar, culturais ou que gastem calorias, ao invés de comer de novo;

– Pedir ajuda aos amigos, parceiro(a), afetivo(a) para se manter firme na reeducação alimentar;

– Praticar meditação ou outra atividade relaxante para gerenciar o estresse ao invés de comer, outra vez;

– Se escolher comer ou beber algo calórico, mastigar ou degustar 10 x mais devagar do que o normal, saboreando cada mordida ou gole;

Comece um desses novos hábitos hoje mesmo e os repita diariamente… até que você consiga repeti-los automaticamente. Então, passe para o próximo novo hábito.

No aplicativo Toodledo, que é um gerenciador de tarefas disponível na internet, Itunes e Google Play, você encontra um módulo que irá ajudá-lo a registrar dia a dia a prática de um novo hábito. Peça também a ajuda de um amigo, parente, conselheiro ou coach para te apoiar a criar esses novos hábitos.

E se você quiser outras dicas ou conversar comigo, me envie um e-mail coaching@integralife.com.br. Terei enorme prazer de conversar com você.

Conheça também o meu site www.mentemagra.com.br/metodo e curta a minha funpage https://www.facebook.com/MenteMagraCorpoMagro

“Somos o que fazemos repetidamente”.

Pense magro e emagreça agora!

Emerson Andrade Pacheco

Com certeza você já planejou suas metas para 2016, mas você já pensou no que fazer aqui e agora para alcançá-las?

Com a chegada do fim do ano é de praxe, as pessoas fazerem promessas que são clássicas para o ano que se aproxima, uma delas é certamente, começar uma nova dieta e mudar de vida.

Compartilhando algumas experiências com os colegas de trabalho e com vocês, os meus leitores, percebo que quando o assunto é emagrecimento todos têm informações que estão disponíveis à vontade na internet. Dicas sobre o que tem que comer, ou qual é o exercício ou a dieta da moda. Questiono-me, por que mesmo tendo todas as informações sobre saúde e beleza nas redes, as pessoas simplesmente não conseguem emagrecer? Ou, se emagrecem, sofrem o tal efeito sanfona? Pesquisas científicas comprovam que 70% das pessoas que começam a fazer dieta, inicialmente emagrecem e depois de aproximadamente dois anos voltam a engordar de novo. Por que isso acontece?

Simplesmente porque as pessoas querem alcançar um resultado sem mudar os padrões de comportamento, os hábitos, que as fizeram engordar. São quatro os passos para o emagrecimento saudável que a ciência comprova que funcionam de forma duradoura: a alimentação saudável, a prática de exercícios físicos no seu dia a dia, ter os padrões mentais e comportamentais de uma pessoa magra e exercitar a atenção e consciência plena diariamente.

Você, que hoje está insatisfeito em relação ao seu peso, com a sua saúde, com taxas de colesterol e glicose, não imagina que esses fatores são resultados de velhos hábitos, que são repetidos de forma errada. Tudo isso contribui com os comportamentos sabotadores que atrapalham o processo de emagrecimento.

Enfim, para chegar na sua meta pessoal, a questão é mudar os velhos hábitos e criar novos, repetindo os novos comportamentos que te conduzirão ao sucesso. Essa é a chave para a mudança. Nós somos seres de hábitos, precisamos criar novos hábitos e repeti-los. Senão, adivinhe, você repetirá automaticamente os velhos hábitos que te farão repetir os mesmos resultados que você hoje tem!

Quais os novos comportamentos que eu preciso repetir na minha vida diária para emagrecer?

Caminhar mais, frequentar mais a academia, voltar a praticar aquele esporte que gosta, comer mais frutas, beber mais água, comer alimentos com mais fibras, mastigar mais devagar, evitar ver televisão enquanto se alimenta e outras distrações. Enumere aqui a lista dos comportamentos que você precisa fazer mais, ou fazer menos, para emagrecer de forma natural.

Como é que eu mudo os meus hábitos? A resposta é a tomada de consciência dos obstáculos mentais e emocionais que sabotam seu processo de emagrecimento e fazer escolhas inteligentes, que te aproximem do novo resultado que você quer, momento a momento. A essa tomada de consciência e escolha inteligente no aqui e agora, eu chamo de mindfulness (atenção plena).

Isto significa estar atento, aqui e agora naquilo que é importante para você, ou seja, os seus valores, o que você valoriza mais. Por que é importante para você emagrecer? O que você ganha quando emagrece? O que isto traz de importante, de significativo e de valor para sua vida?

Responda o que vier à sua cabeça: saúde, bem-estar, beleza, autoestima, ficar mais atraente sexualmente. A sua resposta à pergunta é: Por que é importante para você emagrecer? É única a sua digital, que é o cartão pessoal e intransferível para seu sucesso no emagrecimento. E não dá para pular essa etapa.

Emagrecer é só um instrumento para você atingir algo mais importante que enriquecerá sua vida, te trazendo mais saúde, satisfação, te ajudando a dormir melhor, a ter melhor disposição física, a ficar mais bonito ou bonita, ter orgulho de você, estar bem com seu corpo. Porque tudo isso é muito importante para você!

Traga à sua consciência a escolha do que é mais importante para você quando estiver diante de um dilema entre se aproximar de seus valores de saúde e bem-estar ou de ceder ao prazer imediato de um rodízio de pizza, ou quando estiver com aquela preguiça de fazer exercícios, ou seja qual for o obstáculo que estiver, repetidamente, te atrapalhando a emagrecer. O que é mais essencial, saborear a preguiça e matar a academia, ou dar um passo em direção à sua saúde, à sua autoestima, ou o que quer que seja importante para você?

Os nossos valores são o combustível que nos motiva para mudar nossos hábitos, então, para emagrecer você precisa de motivação! Lembrar sempre por que é importante para você emagrecer, e quais os novos comportamentos que te levarão a se aproximar desses valores, é o que vai te trazer mais disposição para mudar seus hábitos alimentares, praticar mais exercícios e enfrentar os obstáculos que naturalmente virão no caminho rumo à saúde, beleza e bem-estar.

Conte comigo para apoiar você no seu sucesso e saúde, além de te aproximar dos seus objetivos!

(Emerson Pacheco)

_Comer besteira não é uma recompensa, é.jpg